Depoimento Fagner e Camila, pais do Lucas

Depoimento de Fagner e Camila, pais do Lucas

Olá, somos Fagner (33) e Camila Azeredo (25) pais do Lucas de 4 anos. Lucas nasceu de 38 semanas com parto cesariano e de uma gestação sem complicações, era um bebe tranquilo. Aos 7 meses Lucas sorria, balbuciava, olhava nos olhos, porém era um bebê muito molinho. Aos 9 meses ainda não segurava a mamadeira e não tinha equilíbrio para se manter sentado, motivo pelo qual o pediatra nos encaminhou ao neurologista, que fez alguns testes manuais no qual não conseguiu constatar nenhuma patologia. Os meses foram se passando e fomos percebendo que o desenvolvimento do Lucas estava atrasado se comparado com outras crianças da mesma idade, até que assistindo a uma reportagem sobre Autismo do Dr. Drauzio Varella, percebemos muitas coisas em comum, como não atender quando chamado, não imitar, não apontar, ter fixação por objetos que giram ex: ventiladores e etc... passamos então a procurar ajuda especializada. Foi então que aos 2 anos e 2 meses tivemos o diagnostico de Transtorno do Espectro Autista, apesar da tristeza que veio junto ao laudo tínhamos apenas duas opções, ficar chorando ou agir. Depois de muitas andanças em busca de terapias e muitas portas fechadas um casal de amigos nos apresentou O Centro de Otimização para Reabilitação do Autista – CORA onde fomos acolhidos por uma ótima equipe de terapeutas que além de atender ao nosso filho também nos ensina como lidar com cada desafio apresentado pelo autismo. Já alcançamos bons resultados; como a melhora na socialização e na concentração, nossa maior luta agora é com sua compreensão e assim ajudá-lo na comunicação, pois ele ainda não fala e nem sempre consegue identificar o que deseja, com isso acaba se irritando ao ponto de querer agredir com arranhões e beliscos. Apesar da luta, os resultados obtidos com as terapias, nos mostram que estamos no caminho certo. Agradecemos a equipe do CORA pela parceria.

Fagner e Camila



Veja mais depoimentos de pais!

Share